29/04/2022 15:14:24

Auditoria empresarial: O que é e como funciona?

 

Cada vez mais as empresas exigem segurança e transparência no que fazem. Para isso, uma auditoria empresarial é altamente recomendável.

Basicamente, a auditoria envolve o estudo e análise dos pontos materiais da empresa, como assuntos financeiros, tributários, jurídicos e outros relacionados à gestão da qualidade.

Assim, fica mais fácil buscar a completude, segurança e transparência de todos os procedimentos.

Reunimos muitas informações e algumas dicas para você na hora de contratar um bom auditor empresarial. Continue lendo o artigo e confira!

Saiba para que serve a auditoria empresarial

As auditorias são empresas especializadas em realizar um exame criterioso e sistemático das atividades realizadas por outras empresas, principalmente por meio do exame de registros contábeis.

Elas verificam a autenticidade e consistência dos dados, e se as atividades financeiras estão de acordo com as normas contábeis e fiscais.

É importante dizer que a auditoria realmente examina não apenas os registros elaborados pelos contadores, mas também todos os eventos e atividades que ocorrem na empresa de conservação e limpeza e acabam sendo reunidos na contabilidade.

No Brasil, a lei exige que algumas empresas passem por uma análise externa e independente. 

Isso significa, essencialmente, que a avaliação não pode ser realizada pelo próprio grupo, dentro de um processo chamado de auditoria interna.

Todas as empresas classificadas como de grande porte devem ser auditadas uma vez por ano. Instituições financeiras (bancos e fundos de investimento) e seguradoras devem ser auditadas semestralmente.

As empresas de capital aberto também são auditadas uma vez por ano. Nesse caso, a auditoria serve para assegurar aos acionistas que os números apresentados pela empresa são positivos.

Por esse motivo, também é comum que empresas prestes a serem adquiridas ou entrar em processo de fusão sejam auditadas.

Entenda as vantagens da auditoria empresarial

A auditoria traz muitos benefícios para empresas e colaboradores, seja ela aplicada como um todo ou apenas em determinadas áreas. 

De fato, ela garante a qualidade dos processos realizados. Continue lendo, pois explicaremos os principais benefícios desse investimento a seguir.

Mais transparência

As empresas de ecobag personalizada que realizam auditorias corporativas demonstram que se preocupam com suas informações e que prezam pela qualidade e honestidade.

É amplamente utilizada em caso de constituição, aquisição ou dissolução de organizações. O auditor está preocupado com a aplicação das normas e leis contábeis cabíveis.

As empresas de capital aberto são obrigadas a realizar auditorias anuais, de forma a melhorar a sua imagem junto do mercado e dos acionistas.

Assim, todos conhecem e compreendem os registros e relatórios financeiros, além dos controles internos da empresa.

Dessa forma, a instituição é valorizada pelos investidores, pois eles sabem que os dados divulgados são precisos, possuem boa gestão e estão livres de fraudes.

Minimiza falhas

É importante chamar especialistas de fora para que eles possam realizar uma análise crítica da operação.

Dessa forma, as informações fornecidas não serão corrompidas por erro de nenhum funcionário e garantirão a confiabilidade da gestão condominial.

Como resultado, a diretoria pode identificar fragilidades e problemas na gestão do negócio, como um gargalo na produção que não é visível ao gestor.

Uma das áreas em que há maior risco de erro é a fiscal. Embora a empresa tenha um plano tributário e o conselho saiba que essa área é essencial, muitas vezes ela é negligenciada.

Para evitar erros ou até fraudes, é importante analisar os controles e verificar a coerência dos dados apresentados com a realidade da empresa.

Otimiza processos

Não adianta criar normas, políticas e procedimentos internos se eles não forem seguidos. 

Por isso é importante realizar revisões periódicas para garantir que os processos sejam implementados e que a missão e os valores sejam respeitados e aplicados de acordo com os princípios da empresa.

Uma auditoria ajuda a: 

  • Aprimorar procedimentos;

  • Aumentar o controle de processos internos;

  • Identificar riscos;

  • Criar meios de fiscalização.

Ou seja, a linha de produção de churrasqueira pré moldada vai se tornar muito mais eficiente após uma auditoria bem feita.

Aponta oportunidades de melhoria

É importante lembrar que a avaliação não serve apenas para apontar falhas, mas também para melhorar os processos internos, uma vez que eles sejam identificados.

Com esse mapeamento, fica muito mais fácil otimizar esses pontos para contribuir com o crescimento da empresa. 

Por isso, muitas vezes isso é feito antes de grandes mudanças, como aquisições e fusões com outras organizações.

Além disso, existem problemas reais e potenciais que podem colocar um negócio em risco. 

Dessa forma, a gestão pode fazer melhorias ou remover esses gargalos para tornar os processos eficientes e confiáveis. Assim, otimizando os recursos internos e aumentando o desempenho dos colaboradores.

Conheça os tipos de auditoria

Como pode ser percebido, existem diferentes processos e setores que as auditorias podem se relacionar. Exatamente por esse motivo há categorias voltadas para esse processo, conheça-as a seguir:

  1. Auditoria contábil e financeira

Este tipo de auditoria é responsável por analisar os documentos contábeis e verificar se as demonstrações financeiras (balanço, fluxo de caixa e resultados anuais) estão em equilíbrio com o patrimônio da empresa auditada.

Em geral, as auditorias contábeis são responsáveis ??por identificar erros de gestão, alinhar os processos contábeis às normas internacionais e auxiliar no cumprimento da legislação tributária.

Por outro lado, a auditoria financeira verifica a utilização dos recursos e da área de caixa da organização.

Ela se compromete a cumprir as leis tributárias relacionadas à situação financeira da empresa, dificultando a conversão de contas a receber e fiscalizando o controle interno do setor financeiro.

  1. Auditoria de Compliance

Compliance é o nível de conformidade com diretrizes e padrões. Isso inclui legislação, normas regulatórias, decisões de supervisão, melhores práticas e outros modelos estabelecidos.

Portanto, os gestores devem atuar em todos os níveis da empresa para garantir a conformidade dos colaboradores.

A falta de controle e supervisão adequados pode levar a violações das regras, erros graves de códigos de conduta e fraudes.

Esse tipo de auditoria visa, portanto, estabelecer procedimentos e atividades diárias, ações e treinamentos.

Isso ajuda a equipe a entender a maneira exata de executar todas as tarefas específicas de cada função do conserto de Iphone

  1. Auditoria de sistemas

Este tipo de avaliação é usado para monitorar controles, desenvolvimento do sistema, procedimentos de TI, infraestrutura, operações, desempenho e segurança no processamento de dados para tomar decisões.

Não apenas hardware ou processos especiais são avaliados, mas também importação, processo, controle, documentação, segurança e software.

Assim, é realizada de modo a provar que toda a infraestrutura de TI é confiável e, portanto, a integridade e segurança do fluxo de dados são permitidas.

Esta situação é complementada com informações contábeis, financeiras e operacionais.

  1. Auditoria operacional

O principal alvo direcionado da auditoria de desempenho é promover a melhoria do desempenho da gestão, principalmente na parte do plano operacional.

Nesse sentido, é necessário avaliar os objetivos e metas declaradas a serem levadas em conta, o sistema usado e o controle.

A principal função é permitir que todos os gerentes e diretores tenham condições para melhorar as atividades empresariais relacionadas aos galpões de lona.

Na prática, isso é feito procurando violações no ciclo operacional e determinando a causa do desperdício de recursos.

Os testes de eficácia do controle de gerenciamento e análise de conformidade também fazem parte.

Quando fazer uma auditoria empresarial?

Temos que nos livrar da crença de que uma auditoria só é necessária quando os processos e negócios não estão indo bem.

Afinal, ela também tem de ser feita quando tudo está indo bem, quando tudo está em perfeita ordem, porque pode garantir a ordem nos negócios a longo prazo, evitando que falhas ocorram e, se ocorrerem, minimizando seus impactos.

Quanto maior a empresa, maior a probabilidade de os resultados finais exigirem uma revisão completa e regular – isso pode ser feito por especialistas internos qualificados ou consultores externos.

Para determinar se sua empresa especializada em chaves codificadas precisa de uma auditoria, determine se as informações dos departamentos são suficientemente transparentes, claras e seguras.

Caso contrário, isso definitivamente indica a necessidade de uma análise mais aprofundada.

Outra orientação muito importante é conversar com a equipe de colaboradores. Eles entendem melhor do que ninguém como os processos são seguidos e os requisitos legais e burocráticos que precisam ser atendidos. 

Como fazer uma auditoria empresarial?

Agora que sabemos o que é e quando fazer a auditoria empresarial, vamos aprender mais sobre as principais etapas de implementação.

Mapeamento de processos

Os trabalhos devem começar pelo mapeamento detalhado dos processos existentes, sejam eles financeiros, contábeis ou de qualquer outra natureza.

Portanto, é necessário elencar todas as práticas realizadas pelas empresas e serviços auditados.

Identificar os riscos

Após o mapeamento, o próximo passo é analisar cada processo de negócio ali listado. Os riscos podem ser identificados por meio de pesquisas minuciosas, buscando erros e omissões que não estejam de acordo com as normas.

Durante a identificação é imprescindível o acompanhamento dos dirigentes da organização junto dos colaboradores, pois eles terão um nível de conhecimento mais preciso de determinadas atividades.

Fortalecer o controle interno

Após identificar os riscos e o impacto deles nos processos de negócios, o próximo passo é fortalecer os sistemas de controle interno.

É hora de examinar quais ferramentas usar para garantir que as práticas financeiras e contábeis estejam livres de falhas.

Análise de resultados

A auditoria corporativa também é um tipo de cultura organizacional que pode ser estendida a todas as outras áreas, coletando evidências e analisando os resultados obtidos nos processos.

Ao final da auditoria, fica mais fácil recomendar as melhores práticas para combater os riscos e ter soluções imediatas para a linha de transmissão.

Por fim, podemos afirmar que a auditoria é um componente vital de todos os tipos de organizações e empresas. Atente-se às situações e estratégias listadas aqui para aprimorar o seu empreendimento