08/09/2019 21:51:21

4 passos para aumentar os lucros preparando líderes


PASSO 1 – MAXIMIZE O PODER DA LIDERANÇA

 

Líderes competentes, apaixonados e proativos são essenciais para o engajamento das equipes.

Eles sabem o que é esperado deles, sabem solucionar problemas e contratempos diários existentes na empresa, demonstram interesse, investem tempo para compreender as necessidades e ambições dos funcionários. São ferramentas fundamentais para a empresa.

A gestão da liderança também deve ser tratada como parte de um sistema de gestão. Cada líder deve ter bem definido quais são os processos relacionados ao seu trabalho, quais os seus subordinados e saber motivá-los a entregar o que é necessário para efetuarem um bom trabalho.

O sistema deve conter um planejamento periódico. Reuniões são feitas para que sejam entregues os KPI’S (indicadores de performance da empresa). Os relatórios devem ser analisados e dado o feedback das estratégias que serão baseadas neles.

 

PASSO 2 – Não espere demais

A liderança, não necessariamente, saberá exercer um bom trabalho por ter muito tempo de casa ou por ter um salário mais alto que os demais. É fundamental deixar sempre bem claro para a liderança o que se espera dela e da equipe que lidera, fornecendo sempre e os meios para atingir esses resultados. Sua posição superior aos demais nos passa a falsa sensação, que eles têm por obrigação ser incríveis funcionários. Os mesmos cuidados que temos com a liderança, nós devemos ter com funcionários hierarquicamente inferiores. Já falamos sobre isso em outro post. Logo estratégias de engajamento são fundamentais. Acompanhe um passo a passo, para engajar sua equipe.

Veja [7 PASSOS] Fazer o funcionário vestir a camisa da empresa.

 

PASSO 3 – CAPACITE A LIDERANÇA

 

Funcionários capacitados trabalham melhor, incentivam outros e replicam o treinamento, liberando nosso tempo livre que passaríamos apagando incêndios e resolvendo problemas, que eles podem resolver.

Nós somos os responsáveis pela saúde da empresa, não os funcionários. Então em vez de esperar que sejam totalmente capazes de fazer o que queremos, devemos proporcionar treinamentos que os capacite. E sim, toda liderança deve ser capacitada. O treinamento deve ser medido por testes e acompanhamento, evitando que gestores de nível estratégico percam tempo resolvendo tarefas que devem ser resolvidas pela equipe capacitada.

Liderar equipes, hoje, é uma ciência estudada e cada dia mais aperfeiçoada. Treinamentos de liderança ministrados por profissionais capacitados devem fazer parte do cronograma da empresa. Cuide de seu engajamento com o mesmo cuidado que cuida do engajamento de todos. Não pense que só por ganharem salários mais altos, ou terem mais benefícios, estarão automaticamente engajados.

Converse com sua equipe de elite individualmente e com regularidade. Tenha certeza de que entendem como o sistema do qual são responsáveis funciona. Dê sempre abertura para aplicarem novas ideias deles e de seus liderados.

Descubra o que os motiva e como eles definem sucesso. Crie, assim, um ambiente gratificante em que eles possam prosperar.

 

PASSO 4 – Crie um SISTEMA DE GERENCIAMENTO PADRONIZADO

 

 

Um SISTEMA DE GESTÃO divide sua empresa em SUB-SISTEMAS organizados que são como engrenagens de um bom relógio cria um ciclo organizado funcional e principalmente rentável.

NÃO, NÃO estamos falando de SISTEMAS DE INFORMÁTICA, mas estamos falando de SISTEMAS GERENCIAIS.

Proporcionar essa estrutura de treinamentos, acompanhamento e melhoria, pode parecer confuso  e complicado. E é mesmo se tentarmos implantar essas técnicas sem um direcionamento.

Então busque um modelo de planejamento por SISTEMAS GERENCIAIS EMPRESARIAIS, ou SISTEMA DE GESTÃO DE PROCESSOS. Esse tipo de planejamento empresarial vai proporcionar para sua empresa uma organização de todos os setores e vai facilitar capacitar a equipe e os funcionários.