01/02/2022 16:15:36

Como escolher um ponto comercial para minha loja?


Ao escolher um ponto comercial o empreendedor precisa observar alguns fatores que podem fazer toda a diferença no sucesso do seu negócio. Diante disso, reunimos aqui algumas dicas que lhe auxiliarão na hora de escolher o local certo para sua próxima loja.
 

Como escolher um ponto comercial?


Não é uma decisão simples escolher um imóvel em determinada rua ou localização especial, é importante que o empreendedor siga critérios geográficos, de público e outros fatores que podem incentivar o crescimento do negócio a médio e longo prazo.
O grande foco é identificar o público-alvo que será atendido e que forma o grupo de consumidores potencial a ser atingido pela empresa.

Selecionar o ponto de modo certo é tão importante quanto selecionar a área de atuação de mercado da empresa. A empresa deve escolher o segmento de mercado de atuação, gerar um processo de qualidade de atendimento e equilibrar o processo de acessibilidade para a empresa.
Geralmente, quando a empresa tem uma loja bem localizada ela atrai mais clientes e torna a possibilidade de gerar mais vendas de forma mais intensa.
 

1 – Selecione o público-alvo

 

Geralmente, o cliente potencial costuma frequentar lugares que de fato podem oferecer o que eles procuram ou necessitam. É muito comum existir a rua “das lojas de pneus e mecânica”, ou o bairro onde há muitos “estabelecimentos de luminárias e peças elétricas”, por exemplo.


Mesmo onde há vários concorrentes, a presença de empresas e lojas que atuam no mesmo segmento pode ajudar a consolidar o direcionamento dos clientes que necessitam de determinado produto.

Por outro lado, a loja também poderá se tornar única em determinado segmento de produtos e serviços em uma determinada rua ou bairro, desde que a loja saiba atrair os seus clientes.
Normalmente, os clientes potenciais procuram ir às lojas que costumam ter a ver com o seu hábito de consumo, personalidade e necessidade latente.
Dessa forma, a empresa precisa entender o comportamento de seu cliente potencial, seu público-alvo e a presença de outras empresas na região.
 

2 – Fique atento ao movimento e acessibilidade


O local é movimentado ou costuma ser parado? É importante verificar o movimento médio ou alto como fator fundamental para a abertura de um empreendimento.
Normalmente, as lojas pagam mais caro para permanecer em uma rua super movimentada ou para ter um localização no melhor corredor do shopping.
Por outro lado, é fundamental que o local seja acessível para o cliente comparecer a pé, de carro, metrô, táxi, ônibus e por meio de qualquer meio de transporte.
 

3 – Avalie a concorrência


No início do artigo falamos que uma rua dedicada às lojas de jeans ou luminárias pode atrair os clientes que necessitam de determinado produto tendo a rua ou localização como referência.
Porém, independente se a loja é a única de seu segmento ou apenas mais uma no bairro, é importante avaliar se a concorrência presente não é muito alta. E mesmo que haja muitas lojas similares a sua, é importante investir em algum tipo de diferencial.
 

4 – Verifique a estrutura do imóvel


Independente do valor do aluguel ou do valor da compra do imóvel, é importante que o empreendedor tenha atenção com a estrutura do imóvel, principalmente para verificar se o imóvel tem todo o espaço que o projeto da loja precisa para estoque, atendimento, oferta de produtos e atendimento dos clientes.
Em muitos casos, o empreendedor poderá consultar um arquiteto para verificar a distribuição dos espaços e a instalação das mobílias certas.
 

5 – Compare alternativas e opções

É importante que o negócio não seja fechado e decidido logo de cara, o empreendedor pode e deve visitar vários imóveis vazios ou que estejam desocupados, verificar as condições contratuais e todos os valores envolvidos.
No caso dos valores nos referimos aos custos fixos referentes ao aluguel, valor do ponto, taxas de contrato, e outras tarifas envolvidas.
 

Erros que precisam ser evitados


Mesmo que o projeto da empresa seja promissor, muitos empreendedores cometem os seguintes erros ao escolher um ponto comercial.
 

1 – Calcula

r somente o aluguel


O grande erro do empreendedor, principalmente os mais inexperientes, é o de calcular como custo direto somente o aluguel mensal, sem considerar o valor cobrado pelo condomínio de uma galeria ou shopping, taxa de segurança, água, luz e outros tipos de cobranças para manter a loja aberta.
 

2 – Tentar adaptar o negócio para o ponto


Imagine abrir uma loja que vende computadores em uma rua onde há somente lojas de tecido. E com o tempo, ao não conseguir elevar as vendas por outros fatores como erro na marketing e na divulgação da loja, a empresa de informática também começa a vender tecidos.
Tentar ajustar o perfil do negócio para o ponto é um grande erro, o mais correto é tentar ajustar o ponto à natureza e projeto do negócio, mesmo que seja necessário investir em inovação, estoque diferenciado e em divulgação.
 

3 – Depender apenas de uma recomendação


Além da divulgação direta, é importante que a loja se torne em uma importante referência no bairro. Mas, mesmo antes de abrir a loja, é importante conversar com os outros comerciantes para verificar as condições e oportunidades que a localização oferece.
 

Conclusão


Antes de escolher a localização da loja, é importante que o projeto do negócio esteja de fato amadurecido, ou seja, o empreendedor precisa saber no que realmente pretende investir e como irá começar o negócio.
Posteriormente, vale a pena visitar diferentes lojas que estejam fechadas e até mesmo abertas em busca de novos comerciais para passar o ponto.

Para escolher o ponto comercial, depois de definir o perfil de público, é importante verificar os perfis das lojas que atuam na região ou no shopping.
É fundamental também procurar por regiões onde há alta concentração de pessoas que sempre visitam o local.
Ao escolher uma loja física para instalar o negócio é importante verificar se não existem obstáculos visuais como viadutos, pontes, outdoor, bancas de jornais, sinais de trânsito ou outros obstáculos que possam prejudicar a visibilidade da loja em relação ao público.
 

Portanto é importante pensar na visibilidade do ponto, na loja e na acessibilidade da região em relação ao público. É muito importante pensar em todos os fatores que apresentamos neste artigo na hora de procurar e selecionar um ponto comercial que ajude no crescimento do empreendimento.