22/02/2022 10:05:34

Como calcular o preço de vendas de roupas?


Para que a sua loja de roupas tenha sucesso, saber como calcular preço de vendas é fundamental, por isso, mostraremos algumas dicas que ajudarão você lojista a melhorar sua margem de lucros e evitar prejuízos.
 

 

O que é precificação?


Trata-se da estratégia de estabelecer um valor para determinado preço ou produto, devemos ressaltar que, valor e preço possuem conceitos diferentes, embora sejam bem parecidos e ambos fazem parte da contabilidade da empresa.
 
Quando nos referimos a valor, isso quer dizer que, algo é valioso para determinada pessoa, o bem possui alguns atributos qualitativos que ajudam a definir este valor, a precificação é uma estratégia muito importante para empresas de vários segmentos.
 

Como calcular o preço de vendas corretamente?


Se você deseja calcular o preço de vendas para sua loja de roupas, não esqueça que, cada modalidade abaixo, tem pontos negativos e positivos que devem ser levados em consideração:

1º  Com base em custos

É necessário levantar todos os custos que estão envolvidos em seu produto, não esqueça de considerar as despesas, como água, luz, telefone e o aluguel de sua loja, depois faça então o cálculo do lucro, para cada venda devemos estabelecer o percentual de lucro.
 

2º Baseado em demanda 

Primeiro defina seu público-alvo, ou seja, aqueles que serão atraídos para a sua loja, utilize os formulários da internet para realizar uma pesquisa sobre a sua marca, em uma planilha inclua os preços que serão praticados.
 

3º Com base em seus concorrentes

Faça uma pesquisa sobre seus principais concorrentes, após levantar esses dados, faça uma detalhada comparação, por fim, estabeleça seu preço de uma  forma justa e de acordo com os padrões do mercado.


 

Importância de uma boa precificação


Este é um procedimento muito importante para empresas de vários segmentos, principalmente para as lojas de roupas, a precificação de produtos, além de manter em dia seu fluxo de caixa, também traz os seguintes benefícios abaixo:
 
  • Sobrevivência do negócio;
  • Maximização de lucros;
  • Maximização de faturamento;
  • Crescimento em vendas.
 
Antes da precificação, é importante que os gestores de empresas entendam como gerenciar os recursos financeiros de sua empresa, pois através desse gerenciamento, um gestor será capaz de saber como realizar um Demonstrativo de Resultados do Exercício, entenderá quais são as diferenças entre despesa, gasto e custo, que são fundamentais na precificação.
 

O que compõe a precificação?

Para calcular o preço de vendas adequadamente, temos que compreender quais são os itens que fazem parte desse processo, veja quais são os itens que mais temos que levar em consideração na composição dos preços:
 
  • Margem de Lucro;
  • Volume de Vendas;
  • Margem de contribuição;
  • Custo Fixo (onde incluímos despesas relacionadas à produção, como aluguel de fábrica, salários);
  • Custo Variável (que são os custos com: Matéria-Prima, Embalagens, Impostos);
  • Despesas.
 
Tendo toda essa organização, será possível calcular preços de forma mais precisa e evitando maiores prejuízos para a empresa, se possível peça ajuda de um especialista capacitado e com experiência na área financeira.
 

Não se esqueça de estudar o seu público

Quando uma empresa tem um bom conhecimento de seu público, a mesma poderá acertar ainda mais na precificação.
 
Logo, se a precificação está baseada nos seus consumidores, é necessário que haja um alinhamento justo para ambos os lados.
 
Podemos citar como um grande case de sucesso mundial, a própria Apple que utiliza esta estratégia há muito tempo, neste caso, a empresa tem total domínio de seu posicionamento de mercado, assim é possível colocar preços mais elevados tranquilamente.
 
Geralmente, quando vamos analisar um produto ou serviço, o preço é o último fator a ser analisado.

 

O que acontece se eu precificar errado meu produto ou serviço?

Se você não seguir os passos que indicamos na precificação e não contar com um bom sistema de gestão, provavelmente sua empresa apresentará algum prejuízo financeiro, veja quais são os problemas mais comuns de uma precificação ruim:
 

1º Valores muito inferiores ao que o mercado pede

Nunca é considerado uma boa estratégia, incluir preços muito baratos. Fique atento aos custos operacionais, além disso, é necessário ter cuidado com a desvalorização de sua empresa. 
 
Não esqueça que, preços muito abaixo do mercado poderão trazer graves consequências para a sua empresa.
 
Mantenha um preço satisfatório, para que seu lucro possa cobrir pelo menos os gastos da sua empresa,  caso contrário, você não conseguirá alcançar o tão sonhado sucesso com o empreendedorismo.
 

2º Esquecer-se de contabilizar as despesas fixas

Podemos incluir como despesas fixas, os itens: o aluguel da loja, a conta de luz e os gastos com salários que jamais devemos esquecer.
 
Estes valores devem ser incluídos em suas vendas, e acabam afetando diretamente seu lucro líquido, se você não incluir, acabará cometendo sérios erros.
 
Devemos acrescentar estes preços nos custos nos preços, assim, você conseguirá ver o lucro de seu negócio.
 
Sempre que for produzir algum produto, é importante levar em consideração qual foi o tempo gasto, para que possamos somar ao custo operacional, dessa forma, a empresa estará sempre ativa e com boa saúde financeira.
 

3º  Não incluir os impostos

Os impostos devem ser incluídos no valor dos produtos,  para não correr o risco de ser punido pela Receita Federal, não se esqueça que cada regime tributário tem suas leis, se você tem dificuldades para entender peça ajuda a um contador e conte com um bom sistema de gestão.




 
Você deverá estar em dia com o leão, fique atento às datas para a entrega das declarações que ocorre sempre no mês de maio, caso não seja entregue no prazo sua empresa deverá pagar uma multa.
 
Os impostos são os fatores que mais encarecem os produtos no Brasil, se você esquecer deles certamente sua empresa poderá ter muitos problemas.
 
Impostos e notas fiscais caminham lado a lado, então para que seus produtos possam circular em território nacional, é necessário saber que existem vários tipos de notas para vários produtos, tenha atenção na hora de preencher.
 

Conclusão

Uma excelente dica para calcular o preço de vendas corretamente e evitar erros, é utilizar no seu dia a dia o Actana.

 

Este poderoso sistema de gestão permite que você tenha um controle rigoroso do seu estoque, as entradas e saídas de mercadorias, e ainda tenha relatórios em tempo real de suas margens de lucros e prejuízos que estejam ocorrendo.

 

Nunca mais perca dinheiro por calcular errado o preço de seus produtos ou serviços, teste o Actana gratuitamente e descubra como organizar definitivamente o financeiro de sua loja!